Acesse Menu Fiscal > Emissão de nota fiscal.

Clique em Novo Item.

Na guia Importação preencha os campos:

Base de cálculo II: neste campo deve ser informado a base de cálculo do II (Imposto de Importação).

Valor do II: preencha este campo com o valor do imposto de importação.

Valor do IOF: neste campo é necessário informar o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF).

Despesas aduaneiras: neste campo é informado todas as taxas adicionais que devem ser pagas além dos impostos acima descritos.

Na guia Dados importação devem ser informados mais alguns  dados referente a importação efetuada conforme explicado abaixo campo a campo.

Documento de importação (DI): Informe neste campo o código da declaração de importação que é expedido pelo Siscomex em cumprimento ao Art. 543 do Regulamento Aduaneiro, declarando as informações constantes no Anexo I da IN SRF n° 680/06 de acordo com o tipo de declaração e a modalidade de despacho aduaneiro;

Data do registro: Informe neste campo a data de emissão do documento de importação;

Local do desembaraço*: Informe qual foi o local que foi feito o desembaraço* dessa mercadoria;

Data do desembaraço*: Preencha este campo com a data na qual foi expedido o desembaraço desta importação;

Código do exportador: Neste campo é informado o código do exportador utilizado nos sistemas internos de informação do emitente da NF-e;

Código do fabricante estrangeiro: Informe o código do fabricante estrangeiro que foi usado nos sistemas de informação do emitente da NF-e;

Número da adição: Informe o número da adição que geralmente é identificado pelo numero do processo de importação na DI;

Sequência do item na adição: Informe neste campo o numero da sequencia em que o item foi adicionado na DI. Normalmente é equivalente à linha dentro da adição;

O que é desembaraço aduaneiro?

O art. 571 do Regulamento Aduaneiro estabelece que o desembaraço aduaneiro na importação é o ato pelo qual é registrada a conclusão da conferência aduaneira.

Concluída a Conferência a mercadoria será imediatamente desembaraçada, conforme disposto no art. 48 da IN SRF nº 680/06.

São condições para o desembaraço aduaneiro:

A apresentação do Certificado de Origem quando sua entrega foi postergada com base em Termo de Responsabilidade nos termos do § 2º do art. 19 da IN SRF nº 680/06 nas importações de produtos a granel ou perecíveis originários dos demais países integrantes do Mercado Comum do Sul (Mercosul);

Na entrega antecipada de mercadoria, o desembaraço aduaneiro das mercadorias somente será realizado após a apresentação, à autoridade aduaneira, dos documentos exigidos ao importador pelo depositário;

Na entrega fracionada, o desembaraço será registrado no Siscomex por ocasião do despacho do último lote relativo à DI (§ 4o do art. 61 da IN SRF nº 680/06).

Fonte: http://www.receita.fazenda.gov.br/

Veja também: Cadastrando itens da nota fiscal em edição

Comentários